Tendências Na Visualização De Fatos Que Irão Acrescentar A Inteligência No Negócio

http://blogmarketingeweb2.beep.com/.htm?nocache=1530608416



Foi uma declaração deslumbrante de franqueza e fraqueza do principal líder empresarial brasileiro, Jorge Paulo Lemann. Teve pouca repercussão. Fora um postagem no portal dessa Checape e pequenas reportagens em jornais e sites, o cenário não repercutiu. http://blogvivamaisagora24.xtgem.com/__xt_blog/__xtblog_entry/11631318-doze-dicas-tentadoras-pra-compras-em-las-vegas-al-233-m-dos-outlets#xt_blog bem verdade que foi em terras estrangeiras. Entretanto, a sinceridade dos comentários, a posse das afirmações e a identidade do narrador, exercem dessa intervenção uma das mais simbólicas demonstrações dos desafios que afligem as grandes instituições com as modificações do mundo. O contexto era uma conferência no Milken Institute intitulada: Estratégia e Liderança na Era da Disrupção. O moderador foi o editor executivo da Revista Fortune, Adam Lashinsky.


Os participantes, além de Lemann, foram Jim McCaughan, presidente da Global Asset Management; Tim Sloan, CEO da Wells Fargo e Julie Sweet, CEO pra América do Norte da Accenture. Jorge Paulo foi o segundo a pronunciar-se, logo depois da diretora da Accenture. O moderador, provocativamente, perguntou como ele, que é investidor em indústrias habituais e antigas, estrada a inovação.


Não sei se ironicamente, honestamente, no espírito da provocação, ou por todas as razões anteriores, Lemann disparou, sorrindo: “Eu sou um dinossauro apavorado”. Em resumo, Jorge Paulo demonstrou, em poucas expressões, que a ficha da disrupção caiu pra ele e seus sócios. Em outra intervenção, no mesmo painel, explicou qual era o padrão de negócios das empresas da 3G e em razão de não funcionava mais.


Baseava-se na obtenção de dinheiro barato, que era usado para adquirir marcas usuais de produtos de consumo, que deveriam durar indefinidamente, com uma demanda a toda a hora crescente. Adicione- https://www.dailystrength.org/journals/conserte-desastres-culinarios-e-salve-a-ceia-de-natal de corte de custos e melhoria de competência e estava feito o bolo que não parava nunca de desenvolver-se.


O que mudou pra que tão azeitado modelo corresse o traço de não mais funcionar? O mais estimulado é que, ao inverso da vasto maioria das organizações, a tempestade que os ameaça não vem diretamente das alterações tecnológicas. Em primeiro território, o gasto do dinheiro aumentou e os retornos diminuíram.



  1. Treze de janeiro de 2017 às 9:05

  2. http://blogs.rediff.com/blogtratandoagora5/ : Aceite os termos e condições de emprego do Egrana pra continuar criando o seu cadastro

  3. Episódio 341

  4. 65 Modelos de Painel pra Televisão que Deixam Qualquer Sala Formosa



Com a melhoria da situação econômica dos Estados unidos e Europa, as taxas, que ficaram por longo tempo perto de zero, começaram a ampliar. Não há mais dinheiro barato como havia. Em segundo território, e com bem mais encontro, a onda do saudável e do orgânico cresceu e espalhou-se irresistivelmente. Por aqui, a internet, criadora e potencializadora de redes, teve papel fundamental em inserir militantes da razão, espalhados universo afora.


As pessoas estão preferindo ingerir alimentos http://tecnicasparaestilo39.snack.ws/sergio-ricardo-rocha.html , feitos em moradia ou perante encomenda, do que comida industrial processada, como as fabricadas na Kraft Heinz, ou o fast food do Burger King. Em bebidas a situação é semelhante. Os refrigerantes, bebidas carbonatadas com açúcar ou adoçante, têm sofrido rejeição crescente. E, no caso da cerveja, veículo chefe do grupo que detêm o controle da AB InBev, as cervejas artesanais (craft beers) fazem o papel do saudável e do novo, usando menos produtos químicos, além de ter charme e personalidade.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *